• +55 (11) 2774-2754
  • faleconosco@goisesilva.com.br
  • R Fidencio Ramos, 160, Andar: 1; Conj: 111; Vila Olimpia, Sao Paulo, SP

A produção e exportação de batata

  1. ⁠⁠⁠Agronomia
  2. A produção e exportação de batata

Nem minério de ferro, nem café. A produção de batata é que começa a dar o exemplo do potencial de valorização do produto agrícola em terras mineiras, alimentando uma cadeia extensa de emprego e renda gerados das lavouras ao processamento industrial, e envolvendo fornecedores e prestadores de serviços. Maior produtor brasileiro do tubérculo tradicional do prato feito do brasileiro, o estado vem atraindo desde o ano passado investimentos de conhecidos e novos empreendedores da indústria de batatas processadas. Os recursos correm atrás e ao mesmo tempo impulsionam as plantações do Sul de Minas e do Alto Paranaíba, que se destacam pelo uso de tecnologia, a alta produtividade, e a topografia favorável ao cultivo.

Um pouco sobre esse mercado Brasil afora

Há apenas sete meses, a fábrica de Sete Lagoas, na Região Central de Minas Gerais, da multinacional PepsiCo passou a responder pela produção brasileira da batata frita Lay’s, depois de receber investimentos em know how de última geração na industrialização do produto. Em janeiro, foi a vez de a mineira Sérya Alimentos ligar suas máquinas em Araxá, no Alto Paranaíba, ingressando no sofisticado segmento de especialidades de batatas congeladas, produzidas a partir da batata ralada ou do purê. Orçada em R$ 30 milhões, a empresa conta com o capital e as plataformas de vendas e distribuição da mineira Forno de Minas, tornando-se a primeira empresa brasileira do ramo.

Outra fábrica está sendo erguida no município de Perdizes, distante 50 quilômetros de Araxá, pela indústria mineira de alimentos Bem Brasil. A nova unidade, que deverá iniciar suas operações no segundo semestre do próximo ano, abrindo 380 empregos diretos, mais que dobra a capacidade de produção da companhia, hoje de 100 mil toneladas por ano de batatas pré-fritas congeladas em Araxá.

Se depender da disposição das empresas, a despeito da crise da economia brasileira, produtores rurais e indústrias tendem a escrever um capítulo importante das iniciativas em Minas de agregar valor aos chamados produtos básicos. O presidente da Forno de Minas, Helder Mendonça, revela que a intenção dos sócios da Sérya Alimentos é mergulhar nas possibilidades que um mercado novo para o Brasil – o de especialidades – oferece, ainda abastecido de forma predominante pelos produtos importados, com a vantagem de dispor do fornecimento da matéria-prima de qualidade, na prática, às portas da fábrica

 

O projeto incorporado ao Grupo Gois e Silva

Diante desse mercado tão promissor e abundante, nosso grupo através de uma controlada, tem investido na produção de batata com principal foco nas exportações.